A grande proeza

Cruzo-me com um aluno de terceiro ano, no refeitório, na hora de almoço:

– Olá, miss Cruz!

– Olá, Paul*! Como foi a tua manhã?

 – Muito boa, miss. Eu fui fantástico esta manhã! (com ar contente e orgulhoso)

– Boa! A que disciplina? Na aula de matemática ou de inglês? (pergunto com ar curioso e interessado)

– Não, miss. Arm wrestling com o John*, no intervalo!  (com ar contente e orgulhoso)

Really? É essa a tua grande proeza? (com ar sorridente, mas um pouco desapontado)

– Claro! Já viu o tamanho dos braços dele, miss?!

Oh, dear!

* nomes fictícios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *