Pão com manteiga… e mimo

Aqui está-se de férias. E o Luís Pedro tem-se sentido um pouco em baixo. Está constipado e há dias dizia “I feel like my half term is half ruined!”. Claro, trata-se de um sentimento muito válido, ninguém gosta de estar adoentado nas férias. Mas, por outro lado, ainda bem que estamos em casa e que lhe podemos dar muita atenção e mimo, que, como sabemos, são fundamentais para uma rápida recuperação, qualquer que seja a maleita.

No início da semana pedia-me “Fazes-me um pãozinho com manteiga, mãe?”.

Normalmente, procuramos promover a sua independência e que não sejamos nós a fazer por ele. No passado, por bem querer e pensarmos que era o melhor, ou o mais fácil ou mais rápido (às vezes para ele e às vezes para nós), nem sempre lhe demos a liberdade e oportunidade para fazer e experienciar. Hoje reconhecemos a nossa falta de consciência e de saber, e incentivamos a que seja ele a fazer e a errar ou repetir, se tiver de ser.

Tal adequa-se a tarefas mais complexas e a hábitos mais comezinhos, como preparar o seu próprio pão. Contudo, nesta ocasião, senti que mais do que um pãozinho com manteiga, ele queria um pão com manteiga e mimo. E fi-lo com todo o gosto! E a mim também me soube bem!

Estou muito grata por ser mãe. Estou muito grata pelos nossos dois filhos, dois seres com a sua própria individualidade, com a sua própria missão e personalidade (mais do que gostamos de pensar ou admitir), e que nos ensinam tanto ou mais do que nós a eles. Eles espelham-nos e apontam muito do que precisamos para crescer e, ao mesmo tempo, promovem oportunidades que nos permitem experienciar e sentir, sarar e evoluir. E assim que começamos a ter consciência e a despertar, tudo se vai tornando mais simples e os desafios, quer seja com eles, connosco ou com os outros, mais fáceis de superar.

Ainda antes de terminar (e porque nem só de assuntos mais complexos, ou de alimento espiritual, este blog é feito), vou também partilhar algo mais comezinho, mas também relevante, pois neste plano em que nos encontramos, não é só de alimento para a alma que precisamos. Pois, sem mais delongas, apresento-vos uma “manteiga” pela qual todos aqui em casa nos derretemos. Tem tudo o que gostamos: é orgânica, vegan e super saborosa. E, curiosamente, o nome parece que foi escolhido especialmente para mim: Naturli. 🙂 Se eu tivesse uma categoria aqui no blog específica para a Natureza seria precisamente este o nome, para estar em consonância com as outras categorias Li. Se quiserem provar ou só pesquisar, nós compramos no Sainsburys, aqui.

Para quem nos lê noutros países, caso esta “manteiga” não exista, haverá certamente outras igualmente Boas. Partilhem aqui, pois as coisas Boas merecem ser partilhadas e recomendadas. Fica aqui inaugurada a nova categoria: RecommendLi.

1 comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *