Temos pena, Sr. Daniel Pennac, mas, às vezes, o verbo ler tem de suportar o imperativo!*

Ai e tal, as crianças só devem ler por vontade própria, não devem ler por sugestão ou imperativo dos pais ou dos professores. Sim, sim, isso é tudo muito lindo, mas, nos tempos que correm, com tanta concorrência desleal das novas tecnologias e com a proliferação das gadgeterias, não se pode facilitar. Por experiência própria, […]

Continue Reading

A grande proeza

Cruzo-me com um aluno de terceiro ano, no refeitório, na hora de almoço: – Olá, miss Cruz! – Olá, Paul*! Como foi a tua manhã?  – Muito boa, miss. Eu fui fantástico esta manhã! (com ar contente e orgulhoso) – Boa! A que disciplina? Na aula de matemática ou de inglês? (pergunto com ar curioso […]

Continue Reading

E se, de repente, um (quase) desconhecido lhe oferecer flores…

Adoro um bom anúncio publicitário, daqueles que resultam de mentes inspiradas e criativas. Adoro especialmente quando brincam com as palavras e artifícios linguísticos. Recorri várias vezes a exemplos publicitários, nas minhas aulas de português, para ilustrar recursos estilísticos, duplos sentidos e outros tantos malabarismos linguísticos. Lembro-me, por exemplo, de ter mostrado, numa aula sobre palavras […]

Continue Reading

Lilianinha e os diminutivos

Quem me conhece benzinho sabe que adoro diminutivos. (O que é que querem? Podia dar-me para coisinhas piores no que diz respeito a preciosismos linguísticos.) Não necessariamente por questões de pequenez ou para diminuir ou atenuar a significação da palavra, simplesmente porque brotam de mim, a maior parte das vezes, sem noção ou controlo. Num […]

Continue Reading

Todos os Nomes

Posso não ter o talento de Saramago, mas tenho seguramente matéria suficiente para escrever um livro com o mesmo título. Os nomes são algo muito importante e especial para mim e sinto-me sempre um pouco frustrada quando não consigo decorar os nomes dos meus alunos tão depressa quanto gostaria. Na minha escola dou aulas a […]

Continue Reading

Hello world!

A pedido de muitas famílias (bem, não muitas, algumas), aqui está o meu cantinho à beira mar plantado. Sejam bem-vindos! Sintam-se em casa, pois mi casa es su casa! O meu lovewellbeing já existia antes de ser blog, não nasce hoje, já existia numa mini-comunidade privada, num espaço outrora reservado, mas que agora passa a […]

Continue Reading